terça-feira, 9 de outubro de 2012

Choque frontal entre 2 ônibus causa mortes na BR-158, no RS, diz PM (Postado por Lucas Pinheiro)

 Dois ônibus colidiram frontalmente por volta das 6h40 desta terça-feira (9) no km 538 da BR-158, a 33 km do centro de  Santana do Livramento, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, informa a Brigada Militar. Pelo menos duas pessoas morreram e oito ficaram feridas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas são os condutores dos veiculos. Os corpos estão presos nas ferragens.

Um dos veículos era escolar, e levava professores do município para lecionar na Escola Aurélio Guerra, na zona rural. O outro ônibus, que segundo a polícia invadiu a pista contrária e provocou o acidente, era de transporte de passageiros que trabalham no cultivo de maçãs e chegava de Vacaria, no Nordeste do estado.

Segundo a Santa Casa de Misericórdia de Santana do Livramento, oito feridos já deram entrada no hospital. Uma mulher e três crianças, todos ocupantes do ônibus de Vacaria, foram atendidos com ferimentos leves e estão fora de perigo. Mais quatro adultos do outro veículo também estão em atendimento, mas, segundo a Santa Casa, também sem risco de morrer.

Ainda de acordo com a Brigada Militar, chove constantemente no município desde a madrugada. A pista está bloqueada nos dois sentidos. A perícia e os bombeiros trabalham no local para a retirada das vítimas fatais. A previsão é que o trânsito seja liberado às 12h.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Fortunati dá inicio a nova fase com desafio de 'repensar' Porto Alegre (Postado por Lucas Pinheiro)



 José Fortunati (PDT) volta à Prefeitura de Porto Alegre nesta segunda-feira (8) não apenas com as responsabilidades habituais do cargo que já ocupava. Reeleito com 65% dos votos válidos na noite do último domingo, o atual prefeito precisa agora planejar os próximos quatro anos. Ao lado do vice Sebastião Melo, pretende criar novos conceitos para o administrativo da cidade, que herdou em 2010 do então prefeito José Fogaça. "Vamos repensar a estrutura da cidade, da prefeitura, e começar a pensar nos novos nomes do próximo mandato", afirmou em coletiva de imprensa após a vitória.

Um dos planos de Fortunati para a próxima gestão será dar mais valor aos licenciamentos de projetos. Ele afirmou que quer ser conhecido como o "Prefeito da Copa". "A Copa do Mundo tem servido para Porto Alegre como uma 'desculpa' para equilibrar a cidade", disse, "Porto Alegre talvez seja a única capital com recursos públicos para as reformas".

 A parceria com o vice Sebastião Melo (PMDB) promete agregar ao mandato. Melo esteve presente na Câmara de Vereadores por mais de dez anos. "Sempre dialoguei com todos os partidos", confirmou Fortunati, "Com o Melo, minha articulação com a Câmara vai ficar ainda melhor". Outro compromisso firmado com os cidadãos é dar um salto de qualidade na gestão. O mote de sua campanha era "fazer mais, fazer melhor": "Vamos repensar os erros para melhorar".

O secretariado deve ser uma das primeiras mudanças adotadas. Nomes oficiais ainda não foram confirmados, mas já estão sendo pensados pelo Prefeito, que afirma que nem sempre os técnicos da área são as pessoas mais indicadas. "Não adianta ter um técnico que não faça mudanças. Quero ter alguém que tenha vontade política para fazer mudanças na área. Este será o meu primeiro critério de escolha".

 Conheça as principais propostas
Entre as principais propostas, Fortunati priorizou a saúde, prometendo organizar o fluxo de pacientes vindos do interior, informatizar o sistema e aumentar o número de leitos. Disse que vai investir no programa Saúde da Família e em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Além disso, Fortunati garantiu melhorias em segurança ampliando o número de policiais militares e reforçando o monitoramento eletrônico da cidade.

No trânsito, afirmou que irá fomentar o transporte público, construir o metrô de Porto Alegre e investir no sistema hidroviário. Em educação, Fortunati disse que vai aumentar o número de creches e escolas de educação infantil, além de investir no turno integral. As obras para a Copa do Mundo de 2014, que já estão sendo realizadas na capital gaúcha, também foram utilizadas como bandeiras de campanha.

Biografia
Ex-vereador, deputado estadual e federal, Fortunati é bancário formado em Administração de Empresas e Direito, casado com Regina há 20 anos, padrasto de Bernardo, 27. Nasceu em Flores da Cunha, na Serra, há 56 anos. Filho mais novo de um servidor do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e de uma professora e costureira, tem apenas uma irmã. Mudou-se para Porto Alegre aos 17 anos para cursar Matemática na UFRGS.

Engajado na luta sindical dos bancários desde 1979, Fortunati começou de fato na vida parlamentar em 1987, quando foi eleito deputado estadual pelo PT, partido do qual se desfiliou em 2002.


Foi deputado federal por duas vezes (1990 e 1994) e vice-prefeito na gestão de Raul Pont (1997/2000). Eleito vereador em 2000. De 2003 a 2006, foi secretário Estadual da Educação e, em 2006, secretário municipal do Planejamento. Em 2008 foi vice-prefeito na gestão José Fogaça. Com a renúncia do titular, assumiu o cargo em 2010.