domingo, 31 de outubro de 2010

Após votar, Dilma chega ao apartamento da filha e é vista com o neto no colo

Publicada em 31/10/2010 às 10h16m
João Guedes e Maria LimaPORTO ALEGRE - A candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, fez uma passagem rápida e foi recebida com uma chuva de pétalas de rosas no Colégio Santos Dumont, próximo à sua casa em Porto Alegre. Durou exatos 08 minutos a passagem dela pelo local e votação. Dilma saiu da urna saudando os poucos militantes presentes - cerca de 20 - fez o sinal da vitória e partiu para a casa da filha, Paula, onde deve ficar até por volta das 13 horas.
Dilma atrasou seu retorno a Brasília, onde acompanha com o presidente Lula e todos os governadores e parlamentares aliados a apuração. Mesmo com um sorriso de vitoria estampado no rosto, ela está cautelosa. Não quis dizer o que muda no Brasil com uma presidenta mulher.
- Calma, vamos falar sobre isso depois da apuração.
Neste momento Dilma se despede do neto Gabriel e da família. Ela foi vista, na janela do apartamento da filha, com o neto no colo. Ela deveria, anteriormente, embarcar as 11 horas, mas vai esticar mais um pouquinho a despedida e só volta as 13 horas.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

CNT/Sensus: Dilma lidera com 51,9% e Serra tem 36,7% (Postado por Erici Oliveira)


A vantagem de Dilma para Serra aumentou de cinco pontos porcentuais da pesquisa anterior para 15,2 pontos agora

AGÊNCIA BRASIL


No levantamento anterior, Dilma Rousseff tinha 46,8% eJosé Serra, 41,8%
São Paulo - A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tem 51,9% das intenções de voto, ante 36,7% de seu adversário, o tucano José Serra, segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta manhã.
A vantagem de Dilma para Serra aumentou de cinco pontos porcentuais da pesquisa anterior, na semana passada, para 15,2 pontos agora. No levantamento anterior, Dilma tinha 46,8% e Serra, 41,8%.
Ao se considerar somente os votos válidos - o que exclui nulos e brancos e se redistribui os indecisos proporcionalmente, Dilma tem 58,6% e Serra, 41,4%. A rejeição à candidata petista caiu de 35,2% da pesquisa anterior para 32,5%. Já a rejeição a Serra subiu de 39,8% para 43%.
O levantamento, com margem de erro de 2,2 pontos porcentuais, foi feito com dois mil eleitores, entre os dias 23 e 25 de outubro, em 136 municípios e foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 37609/2010.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Países árabes pedem que EUA investiguem denúncias feitas por Wikileaks


Plantão | Publicada em 25/10/2010 às 10h49m
BBC Wikileaks sugere que EUA ignoram denúncias de abusos no Iraque

O Conselho de Cooperação do Golfo Pérsico, grupo que inclui seis países árabes, pediu aos Estados Unidos que investiguem detalhes de supostos abusos que teriam sido cometidos contra os direitos humanos no Iraque veiculados no site especializado em vazamento de informações Wikileaks.
Os documentos do site sugerem que as Forças Armadas americanas ignoraram casos de tortura praticada pelas tropas iraquianas, além de se omitir de "centenas" de mortos de civis em postos de controle.
Em um comunicado, o secretário-geral do grupo, Abdulrahman al-Attiyah, disse que os EUA são responsáveis pelas supostas torturas e assassinatos.
O conselho é formado pela Arábia Saudita, Kuwait, Oman, Catar, Bahrein e Emirados Árabes.
O Pentágono disse que não tem intenção de reinvestigar os abusos.
O material divulgado pelo Wikileaks - considerado o maior vazamento de documentos secretos da história - comprova que os Estados Unidos mantiveram registros de mortes de civis, embora já tenham negado esta prática.
Ao todo, foram divulgados registros de 109 mil mortes, das quais 66.081 teriam sido civis.
No fim de semana, o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, acusou o site de tentar sabotar suas chances de reeleição e criticou o que chamou de "interesses políticos por trás da campanha midiática que tenta usar os documentos contra líderes nacionais".
Maliki, representante da etnia xiita, tenta se manter no poder depois das eleições parlamentares ocorridas em março, no qual nenhum partido obteve maioria. As negociações entre as diversas facções para formar uma coalizão prosseguem.
Seus oponentes sunitas dizem que os papeis divulgados pelo Wikileaks destacam a necessidade de estabelecer um governo de coalizão, em vez de concentrar todo o poder nas mãos de al-Maliki.
Tortura
Muitos dos 391.831 relatórios Sigact (abreviação de significant actions, ou ações significativas, em inglês) do Exército americano aparentemente descrevem episódios de tortura de presos iraquianos por autoridades do Iraque.
Em alguns deles, teriam sido usados choques elétricos e furadeiras. Também há relatos de execuções sumárias.
Os documentos indicam que autoridades americanas sabiam que estas práticas vinham acontecendo, mas preferiram não investigar os casos.
O porta-voz do Pentágono Geoff Morrell disse à BBC que, caso abusos de tropas iraquianas fossem testemunhados ou relatados aos americanos, os militares eram instruídos a informar seus comandantes.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Ganhador de R$ 119 milhões da Mega-Sena retira prêmio no RS

Segundo a Caixa, sortudo não é morador da cidade de Fontoura Xavier.
Bolada foi retirada na quinta-feira (7) e aplicada na poupança.

Lotérica'Boa Sorte' registrou aposta vencedora da
Mega-Sena (Foto: Mauro Vieira/Zero Hora/Ag. RBS)

O ganhador do maior prêmio da história da Mega-Sena em sorteios regulares, no valor de R$ 119.142.144,27, apareceu para retirar sua bolada no fim do expediente bancário de quinta-feira (7), segundo a Caixa Econômica Federal. O prêmio foi sorteado na quarta-feira (6), pelo concurso 1.220 da loteria.

Segundo a Caixa, o ganhador do prêmio recorde não é morador da cidade de Fontoura Xavier (RS), cidade em que foi registrada a aposta milionária. A bolada foi aplicada na poupança, onde deverá render, por mês, mais de R$ 660 mil, segundo a Caixa.

Na quinta-feira, a pequena cidade de Fontoura Xavier, no Rio Grande do Sul, amanheceu movimentada. Com pouco mais de 11 mil habitantes, a cidade poderia ter a realidade transformada caso o ganhador morasse no município. O prêmio de mais de R$ 119 milhões é pelo menos oito vezes maior do que o orçamento anual de Fontoura Xavier, de cerca de R$ 14 milhões.
 
Maior prêmio da história
Segundo a Caixa, o maior prêmio já pago na história da Mega-Sena saiu pela Mega da Virada 2009, em 31 de dezembro, no valor de R$ 144.901.494,92. A bolada foi dividida entre dois ganhadores.
Já se considerados apenas os sorteios regulares, antes do prêmio desta quarta, o maior prêmio pago pela loteria era de R$ 92.522.954,23, sorteado em 4 de setembro deste ano, e dividido entre sete sortudos.